top of page
Buscar
  • Foto do escritorInfo Touch

A Origem da Comunicação por Redes de Computadores

Já é possível conectar os mais diversos dispositivos para que eles conversem entre si, trocando informações. E os profissionais especializados na comunicação por rede de computadores é quem faz tudo isso funcionar em harmonia.


Além disso, precisa entender a origem da comunicação por rede de computadores.


A origem das redes de computadores.


Tudo começou por volta de 1960, quando a comunicação se dava pela rede telefônica. Nesse período, foram desenvolvidos micro e minicomputadores de bom desempenho. Mas faltava um meio para unir essas máquinas e crescia a necessidade de compartilhar informações entre usuários de diferentes regiões.


Os primeiros computadores foram chamados de IMPs (interface message processors). No mesmo ano em que o homem pisou na lua, em 1969, foi instalado o primeiro IMP na Universidade da Califórnia, com três IMPs adicionais.


Em 1970, começaram a surgir novas redes de computação de pacotes, como a ALOHAnet, rede de microondas por rádio que interligava as ilhas do Havaí, e a TELENET, rede de interligação de pacotes comerciais baseada na tecnologia da ARPAnet.


O número de pequenas redes foi crescendo tanto que Robert Metcalfe apresentou os princípios de uma rede local, a ETHERNET, que depois deram origem a LANs de curta distância, com supervisão da DARPA (Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa).


Nesse período, também foi criado o protocolo TCP (transmission control protocol), responsável por enviar os pacotes em sequência e de forma confiável. Com o tempo, o serviço foi sendo modificado e o TCP ficou responsável por organizar a chegada dos pacotes, enquanto o IP tem a função de envio e o UDP controla o fluxo de voz.


No final daquela década, cerca de 200 computadores já estavam conectados à ARPAnet, principalmente porque ela foi usada para a comunicação entre os militares durante a Guerra Fria. Terminada essa época, a ARPAnet deixou de ser interessante para eles e foi transferida para as universidades.


Foi quando os pesquisadores começaram a transmitir essa comunicação para outras nações, chegando a ter 100 mil máquinas na rede ao final da década de 1980. Assim se formou uma grande rede mundial, que começou a ser chamada de internet. Depois disso, em 1983, o protocolo TCP/IP se tornou oficial e passou a ser obrigatório em todos os computadores.


Foi também nessa época que surgiu o NSFNET, o backbone primário que fornecia acesso aos outros centros de computação, e o DNS (Domain Name System), que permitia transformar endereços em palavras e letras, que são mais fáceis de memorizar.


E aí, o que você mais gostou de saber sobre a história da comunicação por redes de computadores? Deixe suas impressões nos comentários abaixo.



 


6.190 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page