top of page
Buscar
  • Foto do escritorInfo Touch

Servidor: comprar ou alugar? Saiba agora as vantagens na hora da escolha.

Os servidores são a essência da TI e muito mais poderoso que os desktops normais, sobretudo, quando o assunto se refere alimentação de banco de dados com informações e relacionamento com o cliente. A estratégia e inteligência do negócio está fundamentada na informação, portanto a tecnologia é o principal aliado em relação a processamento de dados críticos.


Já que o investimento em servidores é inevitável, vamos entender as demandas e oportunidades e qual o melhor caminho; alugar ou comprar?


Os serviços foram criados para suportar diversos usuários na mesma rede e são capazes de responder e executar várias rotinas. Os servidores hospedam dados e gerenciam também o tráfego de rede.


Há vários tipos de servidores, por exemplo: servidores de e-mail, impressora, de arquivos, web, entre outros, que podem ser configurados em um mesmo hadware ou separadamente. Por ser tão poderoso, para empresas que optam pela compra, o custo pode ser alto e vale lembrar que a configuração inicial sofre alterações ao longo do tempo, diferente da opção de locação que garante entre imediata, atualização do software, configuração, setup inicial, entre outros serviços que direcionam o foco do gestor para alinhamento do negócio.


Será que a minha empresa é muito pequena para ter um servidor?


É comum em pequenas empresas a prática de utilizar um computador para executar tarefas de competência de um servidor, expondo às máquinas a riscos que podem afetar de forma negativa as informações armazenadas. Um fator comum, por exemplo é o uso de um desktop, por exemplo para realizar a tarefa de um servidor de impressão. O servidor pode ficar ligado 24 horas e apresenta vigor e segurança para uma empresa.


Os servidores contam com um sistema operacional diferente dos tradicionais e apresentam funções adequadas para funcionamento ininterrupto, que afasta os riscos de travamento ou falhas na operação, além de proteção de memória para evitar a perda de dados.


Qual marca de servidor eu devo escolher?


O mercado oferece diferentes marcas e de fabricantes tradicionais no segmento e todas oferecem ótimas soluções para servidores, de qualidade renomada e alta disponibilidade para reposição de peças, mas o plano exemplar é aquele desenhado por um especialista capaz de avaliar demandas e necessidades da empresa para ajusta o modelo ou marca que atenda principalmente o momento que a empresa se encontra no mercado e qual a projeção de crescimento no mercado.


Tarefas simples como compartilhamento de diretórios, arquivos, impressora e backup podem ser configurado por meio de uma série de assistentes, facilitando para um usuário leigo realizar todas as demandas do dia a dia.


Entre os modelos para pequenas empresas, destacam-se máquinas do tipo servidor de torre, mais simples, que apresentam uma elevada quantidade de memória RAM, HDs e alto desempenho para processar rotinas simultâneas.


No lado negativo, você tem pouco espaço para atualizações e expansões além de você precisar de um teclado, monitor e mouse para gerenciar cada servidor de torre.


Os modelos montados em rack apresentam largura e altura padrões e permitem implementar em um mesmo ambiente vários servidores. Além da vantagem de expansão dos servidores do tipo Rack com soquetes para várias CPUs, a grande quantidade de memória e armazenamento facilita a escalabilidade. Os servidores de rack exigem climatização mais sensível e eventualmente são alocados em uma sala dedicada.


Outra alterativa é o Servidor Blade. Eles operam dentro de um chassi e vários componentes de rede como switches ethernet, firewall podem ser plugados no mesmo gabinete, além de ser possível acoplar o conjunto inteiro em um rack. O Chassi fornece energia, resfriamento, entrada e saída, além de conectividade para todos os dispositivos internos. Normalmente, os servidores Blade não são equipados com tantos slots PC e compartimentos de unidade quanto os servidores de Torre ou rack e assim reduzem a capacidade de expansão.


Porque alugar servidores?


O aluguel de servidores tem se apresentado como tendência no mercado nacional para empresas que buscam opções para reduzir o custo de aquisição e necessitam de um plano de contingência imediato para evitar possíveis falhas e desastres, além de proporcionar aos gestores foco no negócio sem preocupação com modelos, preços, suporte e atualizações.


A flexibilidade de gestão, a arquitetura escalável, o escopo desenhado sob necessidade com a possibilidade de redimensionamento, planejamento de capacidade, entre outros fatores, permitem a TI pensar à longo prazo sobre o ambiente de TI e fatores como crescimento de infraestrutura ou de pessoas, deixam de ser uma dor de cabeça para a empresa.


No início, o cliente ou empresa pode optar por um modelo “simples” e, de acordo com a escala de aumento de demanda é possível ampliar ou diminuir a capacidade. O aluguel de um Servidor (hardware) engloba uma assinatura de serviços no modelo SaaS (Sas as a Service).


Quer escolher o servidor ideal para sua empresa, independente do porte? Fale com um consultor.



 


210 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

留言


bottom of page